• 16 OUT 17
    • 0
    Você pode ir à Europa – Parte 3

    Você pode ir à Europa – Parte 3

    Finalmente estava em Paris! Depois de mais de 7h sem comer nada, só bebendo água, eu estava no meu hostel. Tive de sair em busca de comida e naquela altura do campeonato qualquer coisa servia. Na esquina, havia uma hamburgueria e foi lá que matei quem estava me matando.

    Depois de tomar um bom banho e dormir muito, já estava pronta pra conhecer a Cidade Luz! Era domingo e meu roteiro seria: Museu do Louvre e Arco do Triunfo. Tudo de graça! Como consegui?  No momento em que fiz a reserva do hostel no Booking.com ganhei entrada gratuita em várias atrações o que, mais uma vez, me poupou de enfrentar filas enormes. Da mesma forma como em Amsterdã, é possível comprar a entrada antecidapada para os pontos turísticos parisienses. Antecipe-se e economize muito tempo!

    Já de longe eu avistei o lado de fora do Louvre, a cúpula triangular. A medida que eu entrava, ia ficando cada vez mais boba: eu realmente estava no museu mais famoso do mundo! Nem parecia real, de tão incrível! Já de cara fui conhecer a Monalisa: um quadro pequeno e há  mais de 5 metros de distância do público.

    Depois fui caminhando sem rumo pelos corredores, entrava onde dava vontade. Tudo muito lindo!

    E sim, o lugar é enorme. Dizem que leva 4 dias para ver tudo. Depois de 2h eu já estava cansada e faminta então saí para almoçar. Eles realmente têm o costume de deixar mesas do lado de fora dos restaurantes e é uma delícia comer ao ar livre, observando a paisagem.

    Depois era hora de conhecer o Arco do Triunfo e lá a esclerose múltipla serviu pra alguma coisa. Só era possível subir ao topo do edifício pelas escadas, o que eu não estava bem um pouco afim de fazer (o elevador era só para deficientes físicos). Pensei em falar que tinha EM, estava sem meu relatório médico, mas poderia mostrar a caixa do remédio que uso caso precisasse comprovar o diagnóstico.

    Para minha surpresa, não pediram nenhum comprovante e assim que falei que tinha esclerose me direcionaram para o elevador! Subi feliz da vida por economizar tempo e esforço.

    E lá em cima pude apreciar uma vista sensacional da cidade. Não dava vontade de descer, mas após alguns minutos tive de sair. O cansaço falou mais alto e voltei para o hostel.

    No próximo texto, vou mostrar outros lugares que visitei,  dentre eles a Torre Eiffel.

    Te vejo semana que vem  :)

    Foto da vista do topo do Arco do Triunfo e na frente do Louvre.lolo

    Leave a reply →

Leave a reply

Cancel reply