• 19 MAR 20
    • 2
    SP amplia suprimento em farmácia de alto custo para proteger vulneráveis a coronavírus

    SP amplia suprimento em farmácia de alto custo para proteger vulneráveis a coronavírus

    Oferta de remédios será ampliada de 1 para até 3 meses de atendimento; objetivo é reduzir deslocamento de pacientes

    resumo em 3 tópicos

    • Mudança de protocolo vale para as 39 farmácias do Estado que distribuem medicamentos especializados
    • Pedido de renovação do atendimento será prorrogado de forma automática pelos próximos 3 meses
    • Atendimento agendado nas farmácias será otimizado para reduzir filas e evitar aglomerações

    O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (18) reforço nas medidas da área da Saúde para prevenção e enfrentamento ao novo coronavírus. A principal iniciativa é ampliar o suprimento de medicamentos entregues pelas chamadas farmácias de alto custo a pacientes que precisam de medicamentos especializados.

    O objetivo é reduzir a circulação de pessoas e a aglomeração nas unidades.“O Governos de São Paulo vai ampliar a entrega de medicamentos de alto custo de um para três meses para 830 mil pacientes”, disse Doria. O anúncio foi feito em entrevista coletiva nesta tarde, quando foram anunciadas também o aumento da linha emergencial de crédito para empresas; a ampliação de atendimento presencial no Detran.SP e Poupatempo; e parceria com operadoras de celular para divulgar informações sobre o novo coronavírus.

    A mudança de protocolo vale para as 39 farmácias do Estado que distribuem os chamados medicamentos especializados. Mediante disponibilidade de estoque, cada paciente passará a receber remédios em quantidade suficiente para até três meses de tratamento, e não apenas 30 dias.

    Os pacientes também não precisarão ir às farmácias de alto custo para apresentar pedido de renovação do atendimento, que será prorrogado de forma automática pelos próximos três meses. A medida também evita deslocamentos seguidos a consultórios médicos para renovação de receitas.

    O atendimento agendado nas farmácias será otimizado para reduzir filas e evitar aglomerações. Nas unidades que já utilizam o aplicativo Remédio Agora, a meta é estender o agendamento digital para todos os pacientes.

    Também será permitida a entrada de um acompanhante apenas para casos estritamente necessários.O atendimento prioritário para idosos e gestantes prossegue normalmente.

    As ações de higiene e limpeza nas unidades também terão reforço. A frequência será ampliada, além da oferta de álcool gel em pontos estratégicos. O uso de máscara é recomendado apenas para pacientes e funcionários que apresentarem sintomas como tosse e espirro. As farmácias vão orientar os pacientes a levar as próprias canetas para assinatura de recibos.

    Remédio Agora

    O aplicativo Remédio Agora foi lançado há seis meses e permite agendamento para retirada de medicamentos nas farmácias de alto custo. Na capital, o serviço está disponível nas unidades Maria Zélia, Várzea do Carmo e Vila Mariana.

    O paciente pode programar a ida à farmácia, selecionar os remédios e marcar data e horário para retirada. Ao chegar à unidade, basta confirmar a presença no próprio aplicativo ou em totens nas próprias farmácias.

    A renovação para novos suprimentos de remédio também é feita pelo aplicativo com cadastro da data de retorno à farmácia para apresentar documentos, exames e receita médica atualizada.

    Leave a reply →

Leave a reply

Cancel reply