• 24 ABR 17
    • 2
    SOZINHO

    SOZINHO

    SOZINHO? Nunca.

    Pense agora mesmo em algum lugar que gostaria de estar ou conhecer, mesmo que levasse algum tempo para conseguir ir. Pense em algum desejo de aprender alguma coisa nova ou algum desejo que por anos está dentro de você e por algum motivo ou por alguma escolha em sua vida, teve que abortar ou simplesmente esquecer que ele existiu. Sim estou falando daquele momento que você disse paciência, agora já foi.

    Imagine agora mesmo, que você tivesse uma nova oportunidade de fazer com que ele acontecesse. O mundo dá voltas. E como se de repente você estivesse de novo na mesma encruzilhada que um dia o fez meditar, pensar se seguiria em frente ou não, ouviu uma opinião contrária a sua e concordou em não fazer, simplesmente porque não tinha certeza se estava certo do que desejava. Você quando imaginou, tudo isso, estava sozinho em seus pensamentos, se agiria ou apenas deixaria que o Universo atuasse em seu devido momento.

    Não existe nada de errado em de certa forma sacrificar tais vontades ou desejos por uma situação maior quE apareceu, seja ela por amor, pela sua família, por um amigo, por um trabalho, por medo, por segurança. Essa apenas foi a opção que fez e por consequência outros caminhos e outras vertentes surgiram.

    Mas, quero que pense comigo. Quando você vai se permitir dar essa oportunidade e fazer o melhor que escolheu para si? Você cresceu e amadureceu, passou por limites ou situações que jamais teria escolhido, mas fez.  Injusto ou não, existe sim um momento só seu, que merece apenas o seu respeito. Sempre pensei comigo: aquilo que eu não fizer, não será feito e geralmente estou sozinho nessas decisões e nesse momento que consigo decidir as melhores situações que estão por vir.

    Tive que tomar uma decisão muito importante algum tempo depois do diagnóstico da Esclerose Múltipla. Procurei um equilíbrio entre a solidão e a dependência. Sim ouvi algumas opiniões, muitas a favor ou contrárias ao que pensava e desejava. Mas foi sozinho, sentado em uma praça, cercado por pessoas que passavam por mim sem ao menos prestar atenção que eu estava por lá que resolvi seguir em frente e fazer o que tinha deixado em algum lugar, dentro de uma caixa ou em algum momento da minha vida. Levantei e não olhei mais para trás, esperando uma resposta. Existe um texto de um livro do Paulo Coelho chamado Manual do Guerreiro da Luz que ele transcreveu das publicações de Maktub(é uma palavra em árabe que significa já estava escrito ou tinha que acontecer) que diz: – Já passei por isso, ele reclama com seu coração. O coração então responde: – Realmente você já passou. Mas nunca ultrapassou. Eu li esse texto há exatos vinte anos atrás e ele me fez acreditar sempre em ultrapassar todos os desafios que encontrei ou encontrarei. SOZINHO? Não, eu não estava sozinho. Eu estava comigo e com minha intuição, com o melhor que existe dentro do meu coração, respeitando os limites das pessoas que cruzam meu caminho,  sempre alimentando seus sonhos e desejos. Simples assim. GOOD VIBES

    Leave a reply →
  • Posted by Denise Santoro on 25 de abril de 2017, 17:21

    Muito legal seu texto! Lição de vida e injeção de ânimo! Parabéns! …sempre torcendo por vc…

    Reply →
  • Posted by Denise Santoro on 25 de abril de 2017, 17:21

    Muito legal seu texto! Lição de vida e injeção de ânimo! Parabéns! …sempre torcendo por vc…

    Reply →

Leave a reply

Cancel reply