• 30 SET 16
    • 32
    Reflexões – Blog da Daniela

    Reflexões – Blog da Daniela

    Em agosto passado completou nove anos que recebi o diagnóstico de esclerose múltipla. No início meu mundo caiu, senti-me completamente desamparada. Passado o impacto inicial continuei minha trajetória (ainda bem!).

    Hoje vejo minha história até aqui e fico feliz, passei por momentos difíceis, decepções, mas também alegrias, felicidades e muito amor.

    Quando recebi o diagnóstico perguntei ao médico se poderia ter filhos e ele respondeu que sim. Na hora fiquei aliviada, mas não tinha a dimensão exata do que significava ter um filho, ser mãe.

    A patologia fez-me para e pensar o que realmente queria da minha vida. Era agitada, conturbada. Morava sozinha, tinha carro, trabalhava como assessora jurídica, adorava o que fazia e o modo como vivia.

    A notícia da EM deixou-me sem chão, porém, parei para refletir profundamente. Perdi um pouco da visão periférica e recebi de presente uma neurite ótica. Fui reprovada no exame de visão para renovação da CNH, então parei de dirigir, vendi meu carro e decidi não precisava de carro e sim de uma casa que fosse de minha propriedade.

    Fiquei internada vária vezes com infecção urinária e por outras infecções também. Essas experiências não foram agradáveis.

    Me apaixonei de novo, num momento que achava que nada disso seria possível. Namorei, me diverti, engravidei, fui mãe.

    Vi nascer com minha filha, um amor que não sabia que existia, tão grande e maravilhoso, que me preencheu completamente, me senti viva, mulher, completa.

    O romance acabou, restou a pequena, minha vida, minha filha querida. Descobri o que é ser mãe e a felicidade de ter ao lado um serzinho perfeito, lindo e saudável.

    O que quero dizer com tudo isso é que não devemos desistir de nossos sonhos jamais. Se nos empenharmos e nos superarmos a cada obstáculos conseguimos.

    Não sou uma super-mulher, sou apenas um ser humano, vivendo da melhor forma que posso e tentando conquistar todos os meus sonhos, sim porque não deixei de sonhar nunca.

    Já escrevi um livro, tenho uma filha, mas ainda não plantei uma árvore. O que isso quer dizer? Quero viver muito e bem e realizar meus sonhos, viver um novo grande amor…

    Sou mulher, sou forte e não vou desistir. Vamos lá, vamos sonhar todos e correr atrás dos nossos sonhos… Nós podemos! Quem vai dizer om contrário?!

     

    Daniela Fernandes

    Abem_06(1)
    Daniela Fernandes de Souza, advogada, formada pela Faculdade de Direito de São Bernardo do São Bernardo Campo, em 1999, Sempre trabalhou na área de Direito Público. Está diagnosticada com Esclerose Múltipla há oito anos.
    É mãe de uma linda garotinha Ana Clara de Souza Fenelon Machado, de quatro anos.
    Esta aposentada por invalidez desde janeiro de 2016. Seu último emprego foi na Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo na Secretaria de Trânsito. Escreveu um livro autobiográfico lançado em outubro de 2015 – “Eu, A Esclerose Múltipla e a Vida”.

    Leave a reply →
  • Posted by Tatiane Nevea on 30 de setembro de 2016, 19:51

    Oi Daniela!
    Fui diagnosticada há 4 meses e por conta de uma neurite óptica tbm. Seu relato pré diagnóstico é muito similar ao meu. Eu estava levando um ritmo de vida frenético por conta do trabalho (sou bancária) e de repente levei esse soco. O susto vc sabe como é. Também repensei minha vida e o que eu quero dela. E ter com quem carregar a cruz junto, ter motivos para seguir, é fundamental.

    Parabéns pela sua força de vontade e determinação. Juntos somos mais fortes. 🙂

    Reply →
  • Posted by Patricia Lacerda on 20 de outubro de 2016, 11:20

    Oi Daniela, tenho 30 anos e tenho esclerose multipla há 10 anos. Esse ano casei e estou planejando uma gravidez. Tomava interferon e agora troquei pro acetato de glatiramer. O que vc usou durante a gravidez e amamentação?

    Obrigada

    Reply →
  • Posted by Patricia Lacerda on 20 de outubro de 2016, 11:20

    Oi Daniela, tenho 30 anos e tenho esclerose multipla há 10 anos. Esse ano casei e estou planejando uma gravidez. Tomava interferon e agora troquei pro acetato de glatiramer. O que vc usou durante a gravidez e amamentação?

    Obrigada

    Reply →
  • Posted by Capacitance online help on 18 de maio de 2018, 08:35

    Pretty helpful material, much thanks for this article

    Reply →
  • Posted by Amplitude Modulation Homework Help on 18 de maio de 2018, 09:20

    by visiting this site I found cool stuff here keep it up.

    Reply →

Leave a reply

Cancel reply