• 08 JUN 18
    • 24
    Querer

    Querer

    O que queres? O que pretendes? Acredito que todos nós já nos fizemos essas perguntas ou fizemo-nas à alguém. Faz parte da vida sonhar, querer realizar os sonhos, querer e não querer.
    Depois do diagnóstico de Esclerose Múltipla continuo querendo e sonhando, mas os parâmetros mudaram. Quero estar bem de saúde, o melhor possível, para desfrutar de tudo o que a vida me proporciona.
    Tudo que sonho e desejo estão intimamente ligados com esta questão estar bem. Querer estar bem é poder fazer minhas tarefas cotidianas de forma autônoma, ir e vir com independência, pensar, escrever, cantar, participar de atividades com colegas, amigos, familiares e principalmente com minha filha, meu tesouro.
    Quero e devo me manter bem, dentro desses parâmetros, para continuar sonhando, conquistando e criando novos projetos.
    Ter uma patologia não pode nos limitar, somos mais somos muito mais do que uma pessoa com uma patologia que não tem cura e que causa dissabores.
    Analisemos: se é uma patologia que não tem cura, o que é possível fazer? Se tratar, tomar remédios, fazer fisioterapia, psicoteraterapia, enfim o que for preciso e necessário para sentir-se bem e pleno.
    Tudo o que não pode ser modificado, não é um problema, é um dado da realidade, temos que conviver com ele da melhor forma possível.
    A patologia não precisa ser necessariamente nossa inimiga. Certamente ela é nossa companheira, temos de respeitá-la, mas desafiá-la sempre, no sentido de sempre lutar para melhorarmos nossa condição física, mental e emocional e até espiritual.
    Ainda tenho muitas coisas a fazer, muitos sonhos a realizar, muitos quereres…
    “Dias sim, dias não” o importante é “sobreviver sem um arranhão”, como diria Cazuza. Em meio a altos e baixos que a vida nos proprociona o mais rellevante é não perdermos nossa essência, nossos sonhos, nossos quereres.
    Cada um sabe a “dor e a delícia de ser o que é”, de acordo com a letra da canção. Se temos a possibilidade de sonhar e querer, temos também inteligência e imaginação para conquistarmos efetivamente nossos objetivos.
    Não é uma jornada fácil, mas quem disse que seria, porém é possível, e quem irá dizer que não… Nosso maior inimigo é o nosso próprio eu, nosso comportamento e nossas atitudes.
    Posso querer tudo e de tudo, conseguir vai depender apenas da minha imaginação, da minha transpiração e da minha força de vontade.
    O caminho para conquistar os sonhos não é fácil, mas com certeza não é impossível. Pode nos trazer surpresas, imprevistos, problemas, que por vezes nos fazem percorrer outros trechos, até alcançar aquilo que almejamos.
    A vida é um presente, a inteligência e a imaginação são dádivas, que podemos e devemos mobilizá-las e canalizá-las para tornarmos realidade nossos sonhos, nossos quereres.
    Alguns de vocês podem estar pensandos o que ela quer? Respondo: quero viver em paz e intensamente, cada momento que aparece, que é me proporcionado.
    VIVER, SONHAR, QUERER, FAZER, DESEJAR, AMAR!!! Pode ser? Responda quem quiser ou quem puder…

    Leave a reply →

Leave a reply

Cancel reply