• 05 FEV 21
    • 0
    Quem é você?

    Quem é você?

    A doença torna os homens mais físicos, priva -os de tudo que não seja corpo. O corpo inteiro se transforma no mundo inteiro, e o lado de fora esvaziado  de  sentido até que “todos os dias” viram “o mesmo dia se repetindo”  Thomás Mann, citado por Sérgio Rodrigues Ideia fixa também é uma doença. Folha de São Paulo 20/08/20

     

    Aos quebradinhos e não quebradinhos, não somos uma doença, somente temos uma doença.

     

    O que somos?

    Apreciadores da beleza e amadores da vida . Só apreciadores ou agentes ?

    Humanos pela tradição biológica; seres organizados  e sobreviventes num mundo competitivo e de adaptações.

    Somos vencedores na nossa sina biológica.

    Lutadores no nosso direito de sobreviver, num mundo não tão aprazível às nossas dificuldades.

    Quem somos nós?

    Humanos na qualidade de um cérebro especial, capaz de pensamentos e sentimentos complexos

    Temos expectativas, sonhos, fazemos o possível para instrumentalizar nossas esperanças de um mundo melhor e mais justo, para os doentes e os diferentes, para todos.

    O sonho da vida coletiva bem administrada é o sonho da política.

    Somos seres políticos nesse sentido.

    Somos cidadãos de uma pátria esquecida maior: o planeta Terra. Somos responsabilizados pelos recursos que teremos na viagem da vida. Responsáveis pela água, pelos seres vivos, pelos recursos doa quais dispomos, tão, negligenciamente.

    Somos responsáveis uns pelos outros. Como na obra do “Pequeno Príncipe” você é eternamente responsável pelo que cativa.

    Se você esqueceu tudo isso porque sua dor é física, sinto muito.

    Há tantas coisas a mais para pensar além do fato de estarmos doentes. Não faça de sua doença uma obsessão; de tantos olharmos para um lado o abismo nos consumirá , citando Nieztsche nos tornaremos assim doentes. Somente e só.

    Acredito, que quem você é, seja muito mais que isso.

    Afinal, quem você é?

    Leave a reply →

Leave a reply

Cancel reply