O que procuram os jovens com esclerose múltipla nas redes sociais?

Encontro em Madrid juntou neurologistas e doentes que explicaram como lidam com o diagnóstico. Muitos criam blogues ou páginas no Facebook onde encontraram pessoas que passam pela mesma situação.   João Medeiros levanta o braço e pede para falar. Entusiasmado, conta o que tem em mãos: recebeu recentemente um prêmio para desenvolver uma aplicação para

Quebradinhos

  Somos os quebradinhos com esclerose múltipla. O termo quebradinho é cunhado pelo colunista Jairo Marques que escreve no jornal Folha de São Paulo, designando os deficientes em geral. Quebradinho é um termo fofo, é engraçadinho. Não somos coitados. Coitado vem do verbo arcaico “coitar”, do latim coctare, que significa desgraçar ou atormentar. Assim, um coitado é

Simplesmente Viver

O tema do Dia Mundial de Conscientização da Esclerose Múltipla é: “Simplesmente Viver”, porém não é tarefa fácil, para ninguém, não é privilégio das pessoas com esclerose múltipla. Há duas formas de se levar a vida: assistindo ou atuando. Você pode simplesmente parar, sentar e vê-la passar ou protagonizá-la. Atuar significa fazer, acontecer. É como

O dia mundial da Esclerose Múltipla

A MSIF (Multiple Sclerosis International Federation), idealizadora do Dia Mundial da esclerose múltipla  todos os anos cria ações para divulgar cada vez mais o evento e a data. A data oficial , do Dia mundial da Esclerose múltipla, é sempre na ultima  quarta-feira do mês de Maio, neste ano dia  31. Por isso reunimos todas

Você sabe o que é o genérico no tratamento da Esclerose Múltipla?

Saiba mais no evento: Papel do Medicamento Genérico na Politica de Saúde no Brasil. Participe do Coffee Break na ABEM, e acompanhe a palestra. Data: 03/06/2017 Horário 09:00 as 13:00 h Local: Av. Indianópolis, 2752 ou acompanhe no transmissão ao vivo pelo Facebook da ABEM, A partir das 10:00 h  para todo o Brasil.

E daí?

  Você que não está nem aí. Por favor, conecte-se. Se liga, tem um mundo acontecendo aí fora. A vida transforma-se e você não está atento Se liga, o planeta Terra está mudando, embora sua mudança seja lenta. Há lixo acumulando-se, florestas sendo destruídas e seres vivos em extinção. Crianças morrem de fome, a guerra

MEIO SÉCULO

Nasci no dia das mães. Disseram que era uma noite muita fria. Foi no dia 14 de maio de 1967, na cidade de Curitiba. Há exatos 50 anos. Mesmo nascendo em Curitiba, fui registrado na cidade de São Paulo, ou seja, tenho dupla cidadania, é uma brincadeira que falo quando conto essa história, meus pais

Quem corre pela ABEM!

Com parceria firmada no começo desse ano, Alexandre Destailleur, ultramaratonista com mais de 50 maratonas e vasta experiência no Mundo das Corridas, terá as suas corridas com o propósito de arrecadar recursos a serem revertidos para a ABEM. Para tanto ele criou a sua marca ‘Allez Destailleur’ e desenvolveu um site com loja virtual. Allez:

Meu lugar

Eis a questão. E depois do diagnóstico de Esclerose Múltipla e depois da aposentadoria por invalidez, o que fazer? O que posso fazer? Essas questões estão me atormentando atualmente. É verdade que já escrevi um livro, que fiz cursos voltados para área de estética, mas ainda não encontrei uma atividade de me complete, que me

A espiritualidade na qualidade de vida de familiares de pacientes com esclerose múltipla

A espiritualidade na qualidade de vida de familiares de pacientes com esclerose múltipla   Daniele Batista de Sousa; Priscila Da Silva Santos; Beatriz Maciel Sodré; Thais Mira Simandi; Lucas Felipe Ribeiro dos Santos; Ana Maria Canzonieri   Introdução: A esclerose múltipla (EM) é uma doença crônica e desmielinizante do sistema nervoso central, que pode ocasionar