• 13 MAIO 20
    • 17
    Isolamento social

    Isolamento social

    Isolados deixaram os  níveis de emissão de gás carbônico e dióxido de enxofre  baixos,  pouca poluição, uso de petróleo menor; o  planeta Terra agradece.

    Isolados- alguns puderam contar com mais convívio do grupo familiar, puderam brincar com seus filhos, experimentar criá-los.

    Isolados – outros tiveram a oportunidade de parar o ritmo frenético de trabalho, meditar e encontrar seu “eu”

    Isolados – também ouviram música e dançaram

    Isolados – reinventaram suas vendas e seu aprendizado.

    Isoladas – as crianças aprenderam em cursos on-line, brincaram, brigaram e fizeram as pazes.

    Isolados – os namorados pensaram em seu relacionamento.

    Isolados – aprenderam a beijar e abraçar com o coração e não com o gesto.

    Isolados – perceberam os seus sentimentos cristalinos e verdadeiros pelas pessoas.

    Isolado, alguém se sentiu só , muito sozinho e caiu em depressão e ansiedade,

    Não isolados continuaram seguindo com sua vida, seus negócios, seu aperto de mão.

    Não isolados queriam se isolar- mas o dever os chamava, profissionais da saúde,  coletores de lixo, guardas, motoristas de ônibus, caminhoneiros, entregadores em geral.

    Não isolados queriam se isolar, mas seus lares comportavam muitas pessoas por cômodo, as comunidades da periferia.

    Não isolado também foi a vizinha teimosa e idosa, que foi dar um “role” sem máscara.

    Não isolados estavam em filas nos bancos e supermercados.

    Não isolados estavam os jovens em seu baile funk corriqueiro.

    Isolados – nós observando tudo: desfalecer a economia e a saúde.

    Isolados, nós percebemos a fragilidade da vida e todas as mazelas que podem ocorrer numa situação de crise de luta contra um inimigo que não conseguimos enxergar.

    Isolados, nós estamos nus, a nossa sociedade, está nua e não podemos esconder nossas vergonhas, a falta de equidade, um sistema cruel que seleciona quem vai viver.

    Isolados, nós estamos sós, porque não aguentamos a nossa angústia.

    Isolados- daremos uma folga ao sistema de saúde, com máscaras protegendo o próximo.

    Talvez, quando isolados ou não, aprenderemos o que é importante. Espalharemos redes solidárias…

    Isolados e não isolados, conseguimos de novo polarizar, como conseguimos sempre.

     

    Qual é o nosso maior valor? Não responda, apenas reflita e aja.

     # Fique em casa, pelo menos por enquanto, lave as mãos e aja

    Leave a reply →
  • Posted by Edilaine t p bortolai on 13 de maio de 2020, 14:30

    Parabéns,Re,beijos

    Reply →
  • Posted by Edilaine t p bortolai on 13 de maio de 2020, 14:30

    Parabéns,Re,beijos

    Reply →
  • Posted by Wanda Regina B Tubertini on 13 de maio de 2020, 14:39

    Amiga como é bom ler a sua crônica ou texto nos faz uma grande reflexão nesse momento em que o mundo está passando.
    Obrigado por dividir o seu talento e pensamentos através de palavras.

    Reply →
  • Posted by Eliane Lopes sanches on 13 de maio de 2020, 14:44

    Graças a Deus que podemos fazer o isolamento total com poucas pessoas.
    Nunca seremos os mesmos depois dessa pandemia.
    Que Deus nos proteja

    Reply →
  • Posted by Alice on 13 de maio de 2020, 15:41

    Parabéns, Regina! Excelente para ilustrar nosso momento e compreender que nada será como antes.

    Reply →

Leave a reply

Cancel reply