• 08 JUL 16
    • 1
    Fé – Blog da Daniela

    Fé – Blog da Daniela

    Quantas vezes nos pegamos dizendo: “por que eu?” “por que comigo?” Porém, a pergunta que não quer calar é: “por que não eu?”. Nada acontece por acaso, frase feita, mas se pensarmos bem é a pura verdade.

    Vamos olhar as circunstâncias. Se não tivéssemos a esclerose múltipla, daríamos tanta importância às relações familiares e afetivas? Agradeceríamos cada dia vivido? Daríamos importância a cada conquista, por menor que seja?

    Sejamos realistas, mas no meio de tantas adversidades, devemos sempre olhar de outro ângulo, pois tudo tem um lado bom e o lado ruim.

    Por isso proponho: vamos curtir mais as coisas, na medida que podemos, não esquecendo que para a mente não há limites.

    Sinta o sol da manhã acarinhando sua pele, o vento no seu rosto trazendo os aromas da vida, a sombra de uma frondosa árvore, a nos proteger, A chuva molhando o seu corpo e encharcando sua alma, dizendo: “você está vivo!”

    Não quero parecer lunática ou piegas, mas depois de uma semana difícil comecei a pensar nessas coisas. A adversidade, a doença, já temos, procuremos o lado bom, ok?

    Fazendo um balanço de tudo penso: depois da esclerose múltipla escrevi um livro, tive uma filha, pintei quadros, descobri que posso cantar participando do coral, agora estou me atrevendo a fazer teatro!

    Coisas inimagináveis na vida agitada que levava. Coisas que venho descobrindo agora e quero muito mais…Tudo que tiver ao meu alcance e o que eu puder e conseguir.

    “Fé na vida, fé no homem, fé no que virá, nós podemos muito, nós podemos mais…”

    Nem tudo sai sempre da forma que queremos, mas sempre podemos modificar a realidade de uma forma ou de outra,

    O dia pra começar é hoje, a hora agora, o momento propício este. A vida conspira a nosso favor, aproveitemos…

    Ah! Sempre me perguntam: “Já plantou uma árvore?”. Respondo: “Eu não! Vai que o Homem lá de Cima acha que já fiz de tudo e fala: Veeeenhaaaaa!”

    Sempre haverá o que fazer, Sempre haverá o que ensinar e o que aprender,,,

    Pensemos nisso…

    Daniela Fernandes

    Abem_06(1)
    Daniela Fernandes de Souza, advogada, formada pela Faculdade de Direito de São Bernardo do São Bernardo Campo, em 1999, Sempre trabalhou na área de Direito Público. Está diagnosticada com Esclerose Múltipla há oito anos.
    É mãe de uma linda garotinha Ana Clara de Souza Fenelon Machado, de quatro anos.
    Esta aposentada por invalidez desde janeiro de 2016. Seu último emprego foi na Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo na Secretaria de Trânsito. Escreveu um livro autobiográfico lançado em outubro de 2015 – “Eu, A Esclerose Múltipla e a Vida”.

    Leave a reply →
  • Posted by Mari Moreira on 8 de julho de 2016, 19:23

    Adorei seu texto, mais uma vez parabéns Daniela e ele me deu um start, essa semana exatamente nisso e estava triste, porque por conta de um surto que tive e que havia afetado minha pena esquerda estava com dificuldade uma grade dificuldade de para andar e tive que trancar a faculdade, mas aí eu parei pra pensar na felicidade que senti no dia em que consegui pegar ônibus, ou o dia em que consegui subir as escadas de casa carregando uma bandeja de ovos nesses dois dias senti uma felicidade tão grande que nem sei explicar, para os outros pode parecer besteira mas para mim foi uma grande vitória. E ler esse eu texto me deu forças, Obrigadaaa

    Reply →

Leave a reply

Cancel reply