• 25 MAIO 16
    • 61
    “É BONITA E É BONITA…” – Blog da Daniela

    “É BONITA E É BONITA…” – Blog da Daniela

    É na adversidade que precisamos nos reinventar, rediscutir posições, repensar caminhos. Com o diagnóstico da Esclerose Múltipla, repensei vários aspectos da minha vida.

    Morava sozinha, dirigia, trabalhava até tarde, aos finais de semana, não tinha tempo, nem olhos pra nada, só trabalho.

    Com a chegada da E.M. minha vida mudou. Não tive um surto fulminante, ela foi chegando de mansinho e se instalou de vez. Fraqueza nas pernas, dores de cabeça e nas pernas, visão turva e confusa, fadiga exagerada, desânimo, falta de concentração, sem contar a bexiga neurogênica ou se quiser, urgência urinária.

    Passado o susto do diagnóstico, o dia nasceu e tudo começou de novo, o que fazer? Deitar e esperar o mundo acabar em barranco ou levantar, sacudir a poeira e procurar dar a volta por cima?

    Sabe aquele velho ditado; “se não pode com ela, junte-se a ela”. Pois é, não simplesmente aceitar, mas saber exatamente o que tem e o que é necessário para fazer para viver bem e é claro ter sonhos, projetos, por que não?

    A E.M. não pode vencer nunca, ela é um dado da realidade, que deve ser tratado com todo o respeito e importância que tem, mas tem de entrar na conta como favas contadas.

    Quero dizer com isso que devemos nos tratar, procurar sempre o melhor, mas nunca desistir da vida que sonhamos e desejamos. Lutar para vencer, para alcançar. Quem disse que seria fácil? Isso não é mesmo, mas quem disse que é impossível?

    Ninguém pode limitar seu pensamento, suas asas da imaginação. Podemos muito e muitas coisas…

    Reconhecer que temos limites é importante, respeitá-los também, mas isso não nos pode dominar.

    Não desisto, quero passar esta mensagem, não desista. Depois de diagnosticada escrevi um livro, tive uma filha, e estou caminhando para o segundo livro.

    Comecei a ter vida social novamente, me divirto, namoro, levo uma vida normal, na medida do possível, como todo mundo. Afinal de “médico e louco todos nós temos um pouco”.

    Então, tudo é possível, tudo é atingível. Não vamos desistir nunca, afinal, as possibilidades são infinitas.

    É isso aí, paz no coração, a mente livre e viver tranquilo…

    Até a próxima.

     

    Daniela Fernandes

    Abem_06(1)
    Daniela Fernandes de Souza, advogada, formada pela Faculdade de Direito de São Bernardo do São Bernardo Campo, em 1999, Sempre trabalhou na área de Direito Público. Está diagnosticada com Esclerose Múltipla há oito anos.
    É mãe de uma linda garotinha Ana Clara de Souza Fenelon Machado de quatro anos.
    Esta aposentada por invalidez desde janeiro de 2016. Seu último emprego foi na Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo na Secretaria de Trânsito. Escreveu um livro autobiográfico lançado em outubro de 2015 – “Eu, A Esclerose Mútipla e a Vida”,

    Leave a reply →
  • Posted by Gustavo Oliveira on 27 de maio de 2016, 14:32

    Uma visão interessante sobre o limite. Desde a descoberta da EM não trato mas o limite como o que está fora, o externo são as condições. Não trato-o como uma muralha intransponível, vejo-o como uma grande montanha a ser escalada. E como disse Sir Edmund Hillary, primeiro homem a chegar ao topo do Everest, "Não foi à montanha que conquistamos, mas a nós mesmos". Bom texto, Boas reflexões!

    Reply →
  • Posted by Gustavo Oliveira on 27 de maio de 2016, 14:32

    Uma visão interessante sobre o limite. Desde a descoberta da EM não trato mas o limite como o que está fora, o externo são as condições. Não trato-o como uma muralha intransponível, vejo-o como uma grande montanha a ser escalada. E como disse Sir Edmund Hillary, primeiro homem a chegar ao topo do Everest, "Não foi à montanha que conquistamos, mas a nós mesmos". Bom texto, Boas reflexões!

    Reply →
  • Posted by Débora Bueno Ribeiro on 6 de junho de 2016, 01:51

    Daniela, que lindo seu modo de viver a vida! Que bom que pode ter uma filha!! Tenho duas, sou portadora de Les, EM, AR… a primeira a ser descoberta foi a Lúpus, vencemos e está instável, a EM e AR é que está dando um pouco de trabalho. Mas não é fácil lhe dar com tudo isso msm, mas também não é impossível!!
    Vamos vencer!!!

    Reply →

Leave a reply

Cancel reply