• 01 DEZ 17
    • 9
    A preguiça

    A preguiça

    O pior de tudo é a preguiça de começar alguma coisa; sei lá se é preguiça ou é cansaço. Como já falei sobre o cansaço, só me restou falar sobre a preguiça.

    Para falar desse tema, temos que falar de acomodação e vejam bem, não falo de adaptação.

    Adaptação é o que nos faz viver e nos torna, falando em termos biológicos, uma espécie bem sucedida. Ao longo dos anos, muitos anos, a seleção natural “correu” atrás de nós tentando nos “pegar” e a espécie humana está aqui , firme e forte.

    Aos biólogos, peço desculpas pelo meu determinismo e linguagem, mas achei que devia colocar esse ponto de vista.

    Adaptação,  também é quando enfrentamos situações novas, por exemplo, uma doença ou perda de emprego, uma adversidade e, resolvemos com novas estratégias essa situação inédita.

    A nossa capacidade de adaptação é que nos leva a evoluir e ser bem sucedidos. Melhor a nossa capacidade de adaptação é que nos  permite viver. Quero falar em nome de um cidadão comum que se encontra em uma situação de desemprego; ele adapta seus gastos à nova situação financeira.  Ou em nome de um quebradinho, que tem que enfrentar a situação de uma perna que se arrasta, e que passa usar um andador para caminhar. São essas estratégias que permitem a nos vivermos.

    Agora, acomodação, tem sentido como aceitação. Acomodação a uma nova situação  necessita de aceitação; e, para aceitar precisamos analisar e pensar de como vamos continuar a viver, com a perna arrastando ou desempregados, isso é estratégia.

    Aí, é que entra a nossa preguiça, preguiça de pensar, preguiça de sair da situação nova numa “boa”, preguiça de aceitar; preguiça de termos nossas próprias ideias, de ouvir e sorrir na nossa situação.

    Sim, sorrir, dar risada, da própria vida.

    O sorriso é a solução, o remédio para ferida evolutiva que nos impregna para a vida.

     

    Leave a reply →
  • Posted by Cecilia on 1 de dezembro de 2017, 14:09

    Rê!
    Sorria!! Ria!! Sempre!! Muito!!
    Deixe esse remédio agir todos os dias!!
    E xô preguiça!!!
    Bj

    Reply →
  • Posted by Maria Rita Esteves Martins on 1 de dezembro de 2017, 14:11

    Preguiça não é só vcs que sentem eu também sinto,como o vc diz pode ser cansaço. Acomodação. Belas Palavras

    Reply →
  • Posted by Hilda Sano on 1 de dezembro de 2017, 23:51

    Rê, muito bem abordado esse tema, temos preguiça de enfrentar novos desafios ou mudanças para não sairmos de nossa zona de conforto, infelizmente!

    Reply →
  • Posted by Teresinha Bocuzi on 2 de dezembro de 2017, 00:06

    Gosto muito do teu jeito de abordar asssuntos sérios. Gosto muitíssimo dos parágrafos finais , sempre bem humorados e cheirosa de Esperança . Viva a blogueira de plantão!

    Reply →
  • Posted by Guacirene on 2 de dezembro de 2017, 05:06

    Você tem razão, Regina. Às vezes temos preguiça até de pensar…

    Reply →

Leave a reply

Cancel reply