• 15 MAR 19
    • 10
    A inclusão

    A inclusão

    “As questões que hoje envolvem entraves inclusivos e de acessibilidade e dependem muito mais de visão técnica, de conhecimento de causa, de adesão tecnológica, de novas atitudes do que apenas boa vontade e espírito solidário. O assistencialismo puro não muda condições de vida nem oferece novas oportunidades , ele apenas cuida, mantém”

    Jairo Marques-Folha de São Paulo  31/10/18

    Começo o blog com essa reflexão. O que vivemos é uma  era de assistencialismo e concordo com o autor que isso não muda a vida de ninguém, mas pode manter. Concordo também com que ele fala sobre acessibilidade: falta uma visão técnica sobre o assunto, um preparo para incluir; esse preparo envolve conhecimento do objeto que se quer incluir, ou melhor, da pessoa que se quer incluir.

    Já dizia meu pai: “de boa vontade o inferno está cheio”-embora deva existir a boa vontade, temos que estar preparados para incluir.

    Nosso conhecimento e criatividade nos favorecerão na inclusão.

    No país, a inclusão para deficiente, é muito incipiente. Sim, quando há boa vontade, o caminho já estará meio andado; mas a técnica, as tecnologias podem auxiliar.

    Quebradinhos, uni-vos, vocês necessitam reivindicar além da  existência de leis; o cumprimento delas de modo completo, não uma pseudoinclusao, ou assistencialismo.

    Não adianta dizer que é acessível, se realmente não é. Postes no meio da calçada, buracos, rampas para descer sem correspondente para subir. Isso diz respeito ao poder público, mas o privado também peca ;quantos hotéis se dizem acessíveis, mas não há rampas, cadeiras de rodas que não cabem no elevador, nem barras nem cadeira para banho. Além da falta, há a ausência de uma coisa pratica e funcional.

    Quebradinhos, vocês tem que ser protagonistas das mudanças; pensem, sugiram e quem puder execute: é assim que vamos dar passos em direção a inclusão.

    Leave a reply →
  • Posted by Aninha on 17 de março de 2019, 05:12

    Reflexão muito atual e importante, Re, obgda sempre!!!
    Espero que saibamos ajudar escolhendo governantes que efetivamente considerem a inclusão, de fato, uma prioridade!! E cobrando isso de alguma forma…
    Bjos 🙂

    Reply →
  • Posted by Bruno Torres de Souza on 27 de março de 2019, 17:40

    Preciso urgente de tratamento,doença detectada há 6 anos …hoje sem acompanhamento e sem medicamento…Preciso de SOCORRO!!!

    Reply →
  • Posted by Bruno Torres de Souza on 27 de março de 2019, 17:40

    Preciso urgente de tratamento,doença detectada há 6 anos …hoje sem acompanhamento e sem medicamento…Preciso de SOCORRO!!!

    Reply →
  • Posted by Bruno Torres de Souza on 27 de março de 2019, 17:40

    Preciso urgente de tratamento,doença detectada há 6 anos …hoje sem acompanhamento e sem medicamento…Preciso de SOCORRO!!!

    Reply →
  • Posted by Hilda M Sano Pereira on 28 de março de 2019, 01:02

    Regina,
    Tema complexo, é difícil pra nós do lado de fora, fazermos algum comentário sobre esse tema de INCLUSÃO/ACESSIBILIDADE, pois só temos uma pequena ideia das suas dificuldades! Sabemos que muito poderia ser melhorado, sem esse cunho de assistencialismo, mas de direito de fato! Uma luta árdua pra cobrarem dos governantes esses direitos!
    Bjs

    Reply →

Leave a reply

Cancel reply