• 01 FEV 16
    • 0
    A Esclerose Múltipla na novela A Regra do Jogo

    A Esclerose Múltipla na novela A Regra do Jogo

    a-regra-do-jogo-logo

    Recentemente, muitos pacientes têm se posicionado publicamente com relação à abordagem que a novela A Regra do Jogo, da TV Globo, tem retratado o personagem Romero Rômulo, interpretado pelo ator Alexandre Nero, e que foi diagnosticado no início da trama com Esclerose Múltipla.

    Desde antes mesmo de a novela ser exibida, a ABEM acompanha a expectativa dos pacientes sobre como o personagem seria retratado. Sabemos que a Esclerose Múltipla pode se manifestar de inúmeras maneiras, de paciente para paciente, e que seria um desafio muito grande à equipe de autores conseguir retratar a realidade de um paciente com uma doença de múltiplas faces.

    No entanto, víamos na iniciativa da emissora uma grande oportunidade para dar mais visibilidade à doença e ao paciente, assim como tornar a doença e suas implicações mais conhecidas pela sociedade. Afinal, estimamos que mais de 35 mil pessoas tenham Esclerose Múltipla no Brasil.

    No decorrer da novela o assunto foi perdendo força e a doença praticamente desapareceu. O personagem é submetido a grandes situações de tensão e estresse e nenhum sintoma da Esclerose Múltipla voltou se manifestar.

    Clinicamente este quadro é possível. Não raro há pacientes que apresentam os primeiros sintomas da doença com um longo intervalo de tempo entre eles. Há também pacientes que podem se submeter a algumas limitações e outros que podem não sofrer nenhum grande impacto. Em resumo, há aqueles pacientes que andam de skate e aqueles pacientes que andam de cadeira de rodas. E entre esses extremos há uma infinidade de possibilidades de a doença se manifestar.

    Também sabemos que a novela é uma obra de ficção e entendemos que o autor possui licença poética para retratar o paciente da forma como for mais conveniente ao desenvolvimento da trama e aos interesses da emissora.

    Lamentamos que a doença não tenha tido mais destaque na trama. Ao mesmo tempo em que celebramos por não ter sido criado um personagem que soasse como aberração, completamente fora do que encontramos ao longo dos nossos mais de 30 anos de luta pelos pacientes com Esclerose Múltipla e fora do que descreve a medicina baseada em evidências.

    Vamos seguir acompanhando o desenvolvimento da novela, do personagem e nos posicionaremos oportunamente.

    Leave a reply →