• 11 NOV 16
    • 0
    Reinvenção – Blog da Daniela

    Reinvenção – Blog da Daniela

    Dormimos e acordamos todos os dias. A pergunta que não ter calar é: somos iguais a ontem e seremos iguais amanhã? Com certeza não. Acordamos de um jeito, com alguns pensamentos e terminamos de outro, realizamos muitas coisas e planejamos outras tantas.

    Ainda bem que a cada dia a vida nos dá novas oportunidades de sermos e de fazermos coisas diferentes e de melhorarmos e aprendermos.

    Com Esclerose Múltipla é assim, sempre existe algo que precisamos melhorar e superar. Pois é, somos iguais a todos, a todas as pessoas.

    Então, amigos, a vida está aí e é pra ser vivida com intensidade. O fato de termos esclerose não nos tira as possibilidades. O caminho que devemos percorrer é um pouco diferente, mas até aí, cada um tem o seu próprio e um não é igual ao outro.

    Insisto nessa questão, pois somos como qualquer um, com desejos, deveres, direitos, obrigações e cidadania.

    Pensamos, podemos e devemos tomar posse das nossas vidas, não deixemos nada para depois. Como diria Renato Russo: “não temos tempo a perder, nosso suor sagrado é bem mais belo que este sangue amargo”.

    Tudo isso para dizer: nós podemos, nós conseguimos e fazemos. Procuremos o que nos dá prazer, o que nos faz felizes e o que ou no que podemos ajudar o próximo e a nós mesmos.

    Estando “aposentada por invalidez”, confesso que fiquei meio depressiva. Esse rótulo: “aposentada por invalidez” pesou bastante, porém, obrigou-me a sair da zona de conforto que me encontrava.

    Hoje estou escrevendo, faço teatro, pinto, já me arrisquei um pouco no artesanato, mas sou um pouco desajeitada.

    E ainda, tenho planos, quero estudar outras línguas e fazer um curso de pós-graduação. Adoro estudar coisas novas, são oportunidades de crescimento e aperfeiçoamento.

    Não importa o que façamos, o importante é nos mexermos, pois só assim conseguiremos ser e viver melhor. Não vamos nos esquecer do dito popular; “vida é movimento e quem gosta de água parada é mosquito da dengue”.

    Então: “vamos caminhando e cantando e seguindo a canção…”

     

    Daniela Fernandes

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    Daniela Fernandes de Souza, advogada, formada pela Faculdade de Direito de São Bernardo do São Bernardo Campo, em 1999, Sempre trabalhou na área de Direito Público. Está diagnosticada com Esclerose Múltipla há oito anos.

    É mãe de uma linda garotinha Ana Clara de Souza Fenelon Machado de quatro anos.
    Esta aposentada por invalidez desde janeiro de 2016. Seu último emprego foi na Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo na Secretaria de Trânsito. Escreveu um livro autobiográfico lançado em outubro de 2015 – “Eu, A Esclerose Mútipla e a Vida”.

    Leave a reply →

Leave a reply

Cancel reply